Ninguém de fato o decepciona a não ser você mesmo, você é quem cria expectativas demais sobre os outros e permite que eles façam o mesmo com você, tentando desesperadamente obter aprovação.

Lembre-se de que, você está aqui para aprender a amar e não para obter algo de alguém. Você está aqui no exercício diário de auto-perdão e aceitação e não para tentar oferecer algo, que ainda não possui, por medo da solidão.

Aprovação e amor são coisas completamente diferentes. Não tente ser aprovado, essa necessidade ainda é da Criança mal amada que vive em você; mas também não tente ser amado, busque com todas as suas forças apenas estar apto a Amar.

Descubra nas profundezas do seu ser a fonte divina do Amor, que existe em todos nós. Mergulhe nesta gruta profunda que existe dentro do seu Ser, este é o local onde o verdadeiro amor está. Este é o grande presente que o adulto que habita em você irá receber da vida, se decidir aceitar o desafio e mergulhar nesta jornada escura, e por vezes amedrontadora, de auto-resgate.

Quando você encontrar este “templo interior” você irá receber a dádiva de ser capaz de Amar. Este é o encontro pelo qual esperamos a vida inteira, o encontro do Ser com o SER verdadeiro. Neste lugar existe uma chama que nunca se apaga e uma fonte onde está toda a abundância, todo o júbilo, toda a luz com a qual o néctar do Amor nos envolve e nutre. Só depois deste re-encontro, você estará pronto para oferecer amor ao planeta, a um animal, a um parceiro ou quem sabe a toda a humanidade.

Logo depois desta descoberta haverá uma oferta, e você jamais saberá quem realmente ofereceu ou recebeu; você apenas olhará a sua volta, e saberá que tudo aquilo que toca, vê ou sente, não é nada mais do que simplesmente Amor.

 

Erica Poonam

Gostou? Compartilhe:

Faça um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *